Marketing de conteúdo para MEI: tudo o que você precisa saber!

Por BeeOn 20/07/2021
Compartilhe

O número de MEI não para de crescer. No terceiro quadrimestre de 2020, o país já somava mais de 11 milhões de MEIs ativos – o que significa 56,7% do total de negócios em funcionamento no Brasil. E para se destacar, nada melhor do que investir em uma boa estratégia, como o marketing de conteúdo para MEI.

Essa é uma ferramenta muito usada no marketing digital, capaz de aumentar a visibilidade das empresas e ainda ajudar a fortalecer a sua autoridade de mercado. Quer entender melhor e descobrir como usar essa estratégia no seu negócio? Siga conosco!

O que é marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo é uma estratégia que se baseia em atrair clientes e gerar autoridade para a sua marca por meio da disseminação de conteúdos de qualidade, relevantes e valiosos para as dúvidas da sua clientela.

Com um bom conteúdo, você será capaz de atrair mais pessoas interessadas no seu produto ou serviço, envolver essas pessoas e gerar valor para elas, aumentando as chances de transformá-las em clientes.

O principal foco do marketing de conteúdo é resolver as dúvidas e problemas que seus potenciais clientes podem ter –e, dessa forma, destacar a sua marca, transformando-a em uma autoridade no assunto.

Além disso, ao envolver as pessoas, você aumenta as chances de fazer negócio com elas e também de fidelizá-las.

As estratégias de marketing de conteúdo não são recentes, embora tenham se tornado ainda mais potentes nos meios digitais. Com bons conteúdos, você será capaz de posicionar melhor o seu site nos mecanismos de busca, como o Google, e também ampliar o alcance da sua marca.

Como MEI pode usar o marketing de conteúdo?

Uma das principais vantagens do marketing de conteúdo é o seu baixo custo. Isso significa que com um investimento inicial pequeno, você será capaz de ter ótimos resultados – que se manterão por muito tempo, o que é excelente para a realidade financeira da maioria dos MEIs.

Ao fazer um anúncio em rádio ou TV, por exemplo, você precisará sempre separar uma verba para essas inserções. E quando para de fazer os anúncios, os resultados deixam de surgir. Com o marketing de conteúdo é diferente. Um bom conteúdo continuará atraindo clientes e usuários, e você só pagará por ele uma vez.

Mas, é claro que, para trazer os resultados esperados, é muito importante que você tenha uma boa estratégia. Veja as dicas que separamos.

Saiba quais são seus objetivos

Antes de iniciar qualquer estratégia em marketing digital, seja marketing de conteúdo ou outras, é muito importante entender o que você deseja alcançar com essas ações. O marketing de conteúdo é um aliado que pode trazer vários benefícios, mas para cada um deles, uma estratégia diferente deverá ser pensada.

Algumas possibilidades são: aumentar o engajamento com a sua marca, fazer com que mais pessoas conheçam sua empresa, educar o mercado, aumentar as vendas, reduzir o custo por venda etc.

Você pode ter mais de um objetivo. Essa etapa é importante, porque você também definirá quais métricas deverá analisar, pensando na meta que deseja alcançar. 

Por exemplo, se você quer aumentar o engajamento com a sua marca, vale a pena analisar o número de visitas no blog/site, o compartilhamento nas redes sociais, o número de comentários etc. Já para vendas, além do número de novos negócios, também a quantidade de novos leads gerados.

Entenda quem é o seu público-alvo

Outro ponto crucial para uma boa estratégia é entender muito bem quem é o seu público-alvo. No marketing de conteúdo, nós temos o conceito de persona. Ela funciona como um perfil semi fictício que retrata o seu cliente ideal. Muitas vezes, a sua empresa terá mais de uma persona, especialmente caso venda produtos ou serviços diversos.

Quanto mais informações você tiver sobre seu público, mais afunilada será a sua persona. Inclua tanto dados socioeconômicos, como comportamentais. Por exemplo: sexo, idade, onde mora, quais redes sociais mais usa, problemas que sua empresa ajuda a resolver, dúvidas e inseguranças que impedem a compra, linguagem que usa, sonhos etc.

Uma persona bem estruturada ajuda a direcionar os conteúdos para as necessidades e exigências desse público – e também para adequar a linguagem para a realidade dessas pessoas, criando uma sintonia com quem você deseja atrair.

Faça uma boa pesquisa de palavras-chaves

As palavras-chaves são os termos que as pessoas usam quando estão pesquisando na internet. É importante que seus conteúdos estejam relacionados a essas palavras-chaves, aumentando as chances dos usuários encontrarem a sua empresa quando estiverem pesquisando no Google ou em outros locais por assuntos relacionados.

Além daquelas palavras-chaves óbvias do seu setor, pense também nas expressões e no conjunto de palavras e frases que as pessoas usam para pesquisar na internet. Durante essa pesquisa, você também poderá ter ideias de conteúdos.

Por exemplo, se o seu MEI é uma loja de cosméticos em Belo Horizonte, você pode pensar em palavras chaves como: “cosméticos em BH”, que é bem específico, ou em “cremes para tratar rugas” ou até “como emagrecer”, que também pode estar relacionado com o perfil do seu público.

Essa pesquisa de palavras-chaves pode ser feita em várias ferramentas, inclusive no próprio Planejador de Palavras Chaves do Google, que é gratuito.

Programe seus conteúdos de acordo com o funil de vendas

De posse das palavras-chaves e das suas personas, você já poderá começar a ter ideias de quais conteúdos escrever, sempre focando nas dúvidas que seu público pode ter.

O importante é sempre tentar dividir seus conteúdos de acordo com o funil de vendas. Nem todas as pessoas que chegarão até o seu site ou as redes sociais da sua empresa estarão na mesma etapa de compra. Alguns ainda estão pesquisando soluções para seus problemas – e outros já desejam comprar.

Então, é importante ter conteúdos para cada uma dessas etapas. Voltamos ao nosso exemplo da loja de cosméticos. Quem está pesquisando por “loja de cosméticos em BH” já está em uma fase mais profunda do funil, focado na decisão, querendo comprar.

Mas quem está pesquisando sobre “como emagrecer”, ainda está em uma etapa inicial – e pode nem saber que existem cosméticos capazes de ajudar nesse processo.

O funil de vendas é composto, basicamente, por 3 etapas, que são:

  1. Atração: as pessoas que ainda nem sabem que tem um problema e estão pesquisando sobre temas mais genéricos.

  2. Consideração: pessoas que sabem que têm um problema, mas ainda não sabem quais soluções estão disponíveis e estão entendendo o que podem fazer.

  3. Decisão: pessoas que já pesquisaram e estão certos de que querem comprar, apenas estão decidindo qual empresa é melhor.

Conteúdos de atração são mais simples e abordam o problema de forma mais didática. Os de consideração podem ser um pouco mais aprofundados e os de decisão são mais focados nos diferenciais do seu negócio e em como eles podem realmente ajudar o usuário, fazendo com que ele decida comprar de você e não da concorrência.

Analise as plataformas mais interessantes

O marketing de conteúdo é muito amplo – e pode ser usado em vários ambientes digitais. O blog é a ferramenta mais usada, porque permite gerar tráfego para o seu site e melhorar o seu posicionamento no Google.

Mas, além dele, você também pode pensar em uma estratégia de conteúdo para as redes sociais do seu negócio. Analise a sua persona e verifique quais redes sociais ela mais usa – e crie uma estratégia sólida para esses ambientes.

Crie um cronograma

Para ter resultados com o marketing de conteúdo, é importante que haja frequência nas postagens. Por isso, a dica é montar um cronograma com os posts, pensando em quais temas serão abordados, as palavras-chaves que serão trabalhadas e para quais personas e etapa do funil de vendas são os conteúdos.

Quanto mais constância você tiver, mais conteúdos você levará para o seu público, melhorando seus resultados.

Confira as métricas

Tenha em mente que uma estratégia de marketing de conteúdo é de médio a longo prazo. Isso significa que você não terá resultados imediatos, mas sim ao longo de alguns meses, construindo a sua autoridade no meio digital.

Assim, comece a medir seus resultados a partir de 1 mês (ou até a partir de 3 meses). Para isso, use as métricas que você definiu de acordo com os objetivos que deseja atingir. Conferir as métricas com frequência, permite ajustar suas estratégias para que elas se tornem ainda mais efetivas.

Quais as vantagens de usar o marketing de conteúdo para MEI?

O marketing de conteúdo para MEI traz uma série de vantagens – e por isso é tão interessante. Entre elas, podemos citar:

  • aumentar o tráfego para o seu site ou e-commerce;

  • melhorar o posicionamento da sua marca em mecanismos de buscas, como o Google;

  • engajar sua clientela;

  • criar um relacionamento com as pessoas que visitam seus canais de comunicação;

  • diferenciar a sua marca, tornando-a uma autoridade no assunto;

  • aumentar o número de pessoas que passam a conhecer a sua marca;

  • educar o mercado, com conteúdos que respondam às dúvidas dos seus clientes e os ensinam a usar a sua solução;

  • aumentar as vendas;

  • aumentar a geração de leads;

  • reduzir o custo de aquisição de clientes, pois eles já chegam até a sua empresa mais bem informados sobre o seu mercado e sua solução, diminuindo, também, o tempo para fechamento de vendas;

  • é uma estratégia de baixo custo;

  • um mesmo conteúdo continua atraindo clientes mesmo depois de meses ou anos da sua publicação inicial.

Viu só, como o marketing digital para MEI é uma excelente estratégia para impulsionar o seu negócio? Mas, para gerar os resultados esperados, é fundamental contar com um time de especialistas. Se você ficou interessado e quer levar essa estratégia para o seu negócio, venha conversa conosco e saiba como podemos ajudá-lo!

Veja Também

GESTÃO DE REDES SOCIAIS
27/08/2020 - Como estão as métricas do seu negócio?
GESTÃO DE REDES SOCIAIS
29/04/2021 - WhatsApp Ads: o que é e como funciona o anúncio na rede de mensagens?
MARKETING DIGITAL
23/02/2018 - Uma Agência de Marketing Completa
MARKETING DIGITAL
15/03/2018 - Marketing Digital Funciona? Se o seu segmento for este sim!
MARKETING DIGITAL
15/05/2019 - Semana do MEI - Micro Empreendedor Individual
MARKETING DIGITAL
19/09/2019 - Marketing interno ou contratar uma agência de marketing?
MARKETING DIGITAL
20/11/2019 - Marketing Médico: O que pode ou não ser feito?
MARKETING DIGITAL
04/02/2020 - O preço de NÃO investir em Marketing Digital
MARKETING DIGITAL
13/01/2020 - Profissões emergentes no Brasil em 2020 - Agência de Marketing é um dos principais segmentos com diversas oportunidades
MARKETING DIGITAL
09/03/2020 - Marketing Digital para Negócios Locais
MARKETING DIGITAL
09/04/2020 - O que é a Telemedicina no Brasil?
MARKETING DIGITAL
30/04/2020 - A importância da presença digital para seu negócio na crise
MARKETING DIGITAL
08/05/2020 - Atualizações no Marketing Digital para os dentistas
MARKETING DIGITAL
19/05/2020 - Novos públicos em tempos de coronavírus
MARKETING DIGITAL
02/06/2020 - 4 estratégias pra começar as vendas on-line
MARKETING DIGITAL
30/06/2020 - De que adianta ter um bom produto se ninguém o conhece?
MARKETING DIGITAL
13/07/2020 - Passos para fidelizar o seu cliente com o delivery
MARKETING DIGITAL
24/07/2020 - O que a automação de marketing pode fazer pelo seu negócio?
MARKETING DIGITAL
28/07/2020 - Dia dos Pais: dicas para vender mais.
MARKETING DIGITAL
25/08/2020 - 5 pilares do engajamento.
MARKETING DIGITAL
11/09/2020 - 4 estratégias de aplicação do marketing digital no setor odontológico.
MARKETING DIGITAL
14/09/2020 - 7 dicas para ter uma identidade visual consistente.
MARKETING DIGITAL
01/01/2020 - Agência de Marketing Digital em Passos
MARKETING DIGITAL
16/09/2020 - Marketing digital para negócios B2B: como chamar a atenção de outras empresas na internet?
MARKETING DIGITAL
02/10/2020 - Como vender mais e melhor? Dicas essenciais para colocar em prática!
MARKETING DIGITAL
22/10/2020 - Marketing de Conteúdo para Dentistas: como fazer?
MARKETING DIGITAL
03/11/2020 - Black Friday 2020 - Sua Empresa está Preparada?
MARKETING DIGITAL
09/11/2020 - LGPD: o que muda no marketing digital?
MARKETING DIGITAL
12/11/2020 - A evolução do Marketing Digital
MARKETING DIGITAL
01/12/2020 - BeeOn conquista 2º lugar em prêmio da RD Station
MARKETING DIGITAL
17/12/2020 - O que é Google Meu Negócio?
MARKETING DIGITAL
18/12/2020 - Melhores livros de finanças empresariais
MARKETING DIGITAL
21/12/2020 - As 5 estratégias de marketing mais usadas em 2020.
MARKETING DIGITAL
14/01/2021 - Qual é o objetivo do marketing de relacionamento?
MARKETING DIGITAL
21/01/2021 - O que é Google Analytics?
MARKETING DIGITAL
28/01/2021 - Quais as principais datas comemorativas do Brasil?
MARKETING DIGITAL
04/02/2021 - O que é branding?
MARKETING DIGITAL
02/04/2021 - Como utilizar o logo na sua campanha de marketing?
MARKETING DIGITAL
25/05/2021 - Como trabalhar com o Google Adsense?
MARKETING DIGITAL
03/06/2021 - O que é Active Campaign?
MARKETING DIGITAL
18/06/2021 - Pinterest Ads: um passo a passo de como anunciar na plataforma
MARKETING DIGITAL
06/07/2021 - Telegram: Saiba como utilizar na sua estratégia digital
MARKETING DIGITAL
13/07/2021 - O que é CRM e por que seu negócio precisa dele?
SEO
19/03/2018 - Meu site não aparece no Google. O que fazer?
SEO
10/06/2021 - O que é SEO em marketing digital?
REDES SOCIAIS
06/03/2018 - Facebook ou Instagram? Qual o melhor para a minha empresa?
REDES SOCIAIS
30/04/2019 - Adeus Curtidas!
REDES SOCIAIS
12/02/2020 - Facebook ou Instagram - Qual a melhor para a sua empresa?
REDES SOCIAIS
19/08/2020 - Como o Marketing de Influência pode impactar as suas vendas?
REDES SOCIAIS
06/02/2021 - O que é a Clubhouse e como conseguir um convite?
REDES SOCIAIS
11/02/2021 - Por que impulsionar no Instagram?
REDES SOCIAIS
24/02/2021 - Gerenciamento de redes sociais: as 9 melhores ferramentas
FACEBOOK
28/02/2018 - Facebook para Empresas: Por onde começar?
INBOUND MARKETING
15/08/2019 - Inbound Marketing, tudo sobre a técnica que atrai clientes!
INBOUND MARKETING
26/08/2019 - BeeOn é Silver no RD Station
INBOUND MARKETING
17/07/2020 - Ainda vale a pena ter um blog?
INBOUND MARKETING
31/08/2020 - Marketing de Conteúdo no Blog: 3 estratégias para trazer novos clientes.
INBOUND MARKETING
08/09/2020 - Inbound Sales: a estratégia de vendas para atrair o cliente certo.
INBOUND MARKETING
10/09/2020 - Inbound Marketing é pro seu negócio?
INBOUND MARKETING
09/12/2020 - A BeeOn agora é Gold Partner da RD Station
INBOUND MARKETING
12/02/2021 - O funil de vendas da sua loja virtual está otimizado?
INBOUND MARKETING
11/06/2021 - 4 ferramentas de Inbound Marketing para implementar em suas estratégias
E-COMMERCE
30/10/2019 - Marketing 4.0 para e-commerces.
E-COMMERCE
28/02/2020 - Tendências para as lojas virtuais em 2020
E-COMMERCE
16/03/2020 - 5 principais indicadores de uma loja virtual
E-COMMERCE
20/07/2020 - 5 ações para fortalecer sua loja virtual
E-COMMERCE
05/08/2020 - Google oferece até 100 mil lojas virtuais de graça no Brasil
E-COMMERCE
16/10/2020 - Como evitar o abandono de carrinho no seu e-commerce?
E-COMMERCE
26/11/2020 - Criação de site profissional: 8 itens para considerar.
E-COMMERCE
26/02/2021 - Como criar link do WhatsApp para o seu e-commerce?
E-COMMERCE
23/03/2021 - 10 plataformas para criar sua loja virtual
E-COMMERCE
24/03/2021 - Teste agora a velocidade do seu site: 5 ferramentas gratuitas
E-COMMERCE
30/03/2021 - Por que meu site não aparece no Google? Erros que prejudicam sua visibilidade!
E-COMMERCE
01/04/2021 - O que é preciso para montar um e-commerce?
E-COMMERCE
06/04/2021 - Dicas para automatizar e otimizar processos de e-commerce
E-COMMERCE
08/04/2021 - Qual é o custo para abrir uma loja virtual?
E-COMMERCE
30/04/2021 - O que é a Tray? Como ela pode ajudar seu e-commerce a vender mais!
E-COMMERCE
27/07/2021 - Omnicanal no e-commerce: saiba como aplicar no seu negócio
© 2019 - BeeOn Marketing - Todos os direitos resevados.